terça-feira, 22 de agosto de 2017

AULA DE REAÇÕES QUÍMICAS - PARTE 1 - 9º E 1º ANOS



- São processos químicos nos quais, substâncias chamadas Reagentes se transformam em outras substâncias chamadas Produtos. Detalhe: Os átomos se conservam apenas as substâncias se transformam.


     http://universechemistry.blogspot.com.br/

Exemplos:




Uma frase para não esquecer! KBa Ca Na MingAlZinho Feito Hoje Cu Hg Ag Pt   Au  (ki bacana mingalzinho feito hoje chapa)

PARA OS AMETAIS


Uma frase para não esquecer!
Fernanda Ouviu Claramente Bruno Interferir Sobre Negócio de Pedras Carbono      



B - TEMPERATURA - É um dos fenômenos físicos que tendem acelerar ou diminuir a velocidade de uma reação. Ex.: Quando colocamos um comprimido efervescente num copo com água fria, ele reage mais lentamente do que, se o colocarmos num copo com água à temperatura ambiente. Por isso não devemos guardar o queijo fatiado e sim em pedaços. Picotando o sabão bruto, é mais veloz a reação.     


                          
B - QUANTO À VELOCIDADE 

B1 -  REAÇÕES LENTAS - São aquelas que não ocorrem instantaneamente, isto é, levam tempo para ocorrer. Ex.: a ferrugem  (Fe + O2    →    Fe2O3)  - não balanceada, a putrefação, a formação do petróleo, a fermentação....


B2 - REAÇÕES RÁPIDAS - São aquelas que ocorrem rapidamente.  Ex.: combustão da madeira do álcool, do papel, da gasolina e da maisena como mostra a figura abaixo...


B3 – REAÇÕES INSTANTÂNEAS – São aquelas que ocorrem em apenas um instante, isto é , no mesmo momento. Ex: as explosões de dinamite, atômicas, e do gás hidrogênio, como mostra a figura abaixo.




Pelo Prof. Eudo Robson

EXERCÍCIOS DE REAÇÕES ORGÂNICAS II - 3º ANO

                    REAÇÕES ORGÂNICAS                                           CONTINUAÇÃO                       

24- (UFPB) O ácido acético, quando reage com o álcool etílico, forma o acetato de etila. Essa reação ocorre por

a) adição nucleofílica.        
b) adição eletrofílica.          
c) substituição nucleofílica.
d) eliminação nucleofílica.
e) substituição eletrofílica.

25- (UFPB) Dentre os reagentes abaixo, é eletrófilo apenas

a) NH3                      
b) H3O+                                    
c) HCN
d) CH3OH
e) H2O
       
26- (UEPB) Analise as espécies químicas a seguir:
 
Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta.

a) Radical livre, reagente nucleófilo, reagente nucleófilo, reagente eletrófilo.
b) Reagente eletrófilo, reagente nucleófilo, reagente nucleófilo, radical livre.
c) Reagente nucleófilo, reagente eletrófilo, reagente nucleófilo, radical livre.
d) Reagente nucleófilo, radical livre, reagente nucleófilo, reagente eletrófilo.
e) Reagente eletrófilo, radical livre, reagente nucleófilo, reagente nucleófilo.

27- (UEPB) Analise as reações a seguir:

Associe as colunas em relação às reações acima.

(   )   Reação de adição.
(   )   Reação de substituição.
(   )   Reação de eliminação.
(   )   Reação de combustão.

Assinale a alternativa que apresenta a seqüência correta:

a) 1 - 3 - 2 - 4                    
b) 2 - 3 - 4 - 1                    
c) 3 - 2 - 4 – 1
d) 1 - 2 - 3 – 4
e) 3 - 1 - 2 – 4

28- (UEPB) Analise as seguintes equações químicas:
Marque a alternativa que corresponde, ao mecanismo de reação representada pelas equações I, II e III, respectivamente:

a) Adição eletrofílica, substituição nucleofílica, substituição via radical livre.
b) Substituição nucleofílica, substituição via radical livre, adição eletrofílica.
c) Substituição via radical livre, adição eletrofílica, substituição nucleofílica SN1.
d) Adição eletrofílica, substituição via radical livre, substituição nucleofílica SN2.
e) Eliminação nucleofílica, eliminação, substituição eletrofílica.

29 - (UFPE) Considere as reações orgânicas:

a) HCCCH3 + H ¾ ---------- H2CCHCH3
b) CH3CH2Cℓ + OH-  ¾ ---------- CH2CH2 + Cℓ-+H2O
c) CH3COOCH2CH3 + H2O  ¾ ---------- CH3COOH + CH3CH2OH
d) C6H6 + HNO ¾ ----------- C6H5NO2 + H2O

É correto afirmar que
V F
0-0   A reação A é uma hidratação.
1-1   A reação B é uma substituição.
2-2   A reação C é uma hidrólise.
3-3   A reação D produz um composto alifático.
4-4   Na reação B o comprimento da ligação carbono-carbono é alterado.

30- (UFBA) Com base nas reações orgânicas representadas acima e nos conhecimentos sobre nomenclatura e propriedades dos compostos orgânicos, pode-se afirmar:
 
01 A reação I é de eliminação.
02 Em II, o composto resultante é um polímero de adição.
04 Em III, o composto orgânico resultante é o propanoato de metila.
08 A reação III é de esterificação, e a IV  é de substituição.
16 O ponto de ebulição dos alcanos normais diminui com o aumento da massa molar.
32 O ciclopropano não é solúvel em benzeno.
64 A pressão de vapor do ácido etanóico é superior à do metanoato de metila, nas mesmas condições.

31- (UFC) As reações orgânicas podem ser classificadas como sendo de adição, substituição e eliminação. Analise as equações químicas apresentadas abaixo:

I- CH3Cℓ + KOH ¦ CH3OH +KCℓ

II- CH2 = CH2 + Br2/CC4 ¦ BrCH2 - CH2Br + CCℓ4

III- CH3CH2CH2 - OH ¾® CH3CH   CH+ H2O + HCℓ (meio ácido)

A opção correta é:

a) I- caracteriza uma reação de adição eletro-fílica;
b) III- caracteriza uma reação de eliminação;
c) III- caracteriza uma reação de substituição nucleofílica;
d) I- caracteriza uma reação de hidrogenação;
e) II- caracteriza uma reação de substituição eletrofílica.


32- (UFC) Verifique as reações abaixo e as afirmativas que as seguem.
 
1. A reação I representa a substituição nucleofílica de um álcool aromático no anidrido acético.
2. A reação II representa a adição núcleofílica de metanol ao benzaldeído.
3. A reação III representa a substituição eletrofílica a uma cetona aromática.

Sobre as afirmativas acima, podemos dizer que:

a) 1, 2 e 3 estão corretas.
b) Somente 1 e 2 estão corretas.
c) Somente 2 está correta.
d) Somente 1 e 3 estão corretas.
e) Somente 2 e 3 estão corretas.

33- (UFC) Observe as reações orgânicas rela-cionadas abaixo:
 
Analise as seguintes afirmativas, relacionadas com as reações X, Y e Z:
I.  X é uma reação de substituição, caracterizada como alquilação de Friedel-Crafts.
II.  Y é uma reação de adição, caracterizada como halogenação.
III.       Z é uma reação de substituição, caracterizada como halogenação.
IV. Com base nas informações acima, assinale a alternativa correta.

a) I e II são verdadeiras.
b) I e III são verdadeiras.
c) Somente II é verdadeira.
d) II e III são verdadeiras.
e) Somente III é verdadeira.

35-(UNIFOR) Considere o processo de obtenção de glicerol (CH2OHCHOHCH2OH) a partir de propeno CH3CH = CH2, no qual ocorrem as reações representadas por:
Ocorre uma reação de adição SOMENTE em

a) I          
b) II                 
c) III        
d) I e II
e) II e III

36- (UEPA) Os intermediários de reação química são de grande importância para o entendimento do mecanismo dessas reações. Abaixo estão representadas três estruturas de intermediários que ocorrem freqüentemente numa reação química.
 
Em relação aos intermediários, é correto afirmar:

a) O intermediário I é um carbânion (carbo-ânion).
b) Na formação do intermediário III ocorre cisão heterolítica.
c) Dois deles são formados por ruptura homolítica.
d) O intermediário II é um radical livre.
e) O intermediário I é formado por cisão heterolítica.

37- (FUVEST-SP) A reação do propano com cloro gasoso, em presença de luz, produz dois compostos monoclorados.
Na reação do cloro gasoso com 2,2-dimetilbutano, em presença de luz, o número de compostos monoclorados que podem ser formados e que não possuem, em sua molécula, carbono assimétrico é:

a) 1 
b) 2 
c) 3  
d) 4 
e) 5

38- (PUC-SP) Sob aquecimento e ação da luz, alcanos sofrem reação de substituição na presença de cloro gasoso, formando um cloro alcano:
Considere que, em condições apropriadas, cloro e propano reagem formando, principalmente, produtos dissubstituídos. O número máximo de isômeros planos de fórmula C3H6Cℓ2 obtido é


a)5        
b)4            
c)3              
d)2        
e)1

39- (UFPB) A monocloração de alcanos produz derivados clorados e hidreto decloro. Quantos derivados monoclorados diferentes podem ser obtidos na cloração do isobutano?

a) 2 
b) 1 
c) 3  
d) 4 
e) 5

40- (UFPB) Dada a reação
a ordem decrescente de reatividade dos halogêneos é
a) Cℓ2, Br2, F2 e I2               
b) F2, Cℓ2, I2 e Br2               
c) F2, Cℓ2, Br2 e I2
d) I2, Br2, Cℓ2 e F2
e) Br2, F2, Cℓ2 e I2

41- (UEPB) Os haletos orgânicos têm estado atualmente em evidência, devido aos problemas ambientais causados pelo uso indiscriminado de certas substâncias pertencentes a essa classe de compostos orgânicos. A partir da reação de monoclorados do 2,4-dimetil-pentano, podem-se obter diferentes produtos halogenados. Quantos produtos monoclorados podem ser obtidos a partir dessa reação?

a) 5 
b) 3 
c) 4  
d) 2 
e) 6

PELO PROFESSOR EUDO ROBSON

ESTAS QUESTÕES ENCONTRAM-SE NO SITE

www.universodaquimica.com

GABARITO


REAÇÕES COM ÁLCOOIS - ORGÃNICA - 3º ANO


Os álcoois mais comuns utilizados como combustíveis são o metanol e o etanol. O metanol é considerado um bom substituto da gasolina Por queimar mais completamente do que a gasolina.

a) Desidratação intramolecular — nessa reação ocorre a eliminação de uma molécula de água do interior de cada molécula de álcool:


b) Desidratação intermolecular — nessa reação ocorre a eliminação de uma molécula de água a partir de duas moléculas de álcool, pela interação dos grupos OH, através das pontes de hidrogênio



Como, nessas reações, o produto orgânico obtido é proveniente de uma simples retirada de átomos do reagente, elas podem ser classificadas como reações de eliminação.

Esterificação 
Essa reação ocorre quando um ácido reage com um álcool, produzindo éster e água; a reação inversa é denominada reação de hidrólise.


Quando essas reações ocorrem entre um ácido carboxílico e um álcool primário, a água é formada pelo grupo OH do ácido e pelo hidrogênio do grupo OH do álcool.
Caso se utilizem ácidos inorgânicos ou álcoois secundários ou terciários, a água será formada pelo OH do álcool e pelo hidrogênio do grupo OH do ácido. 


I - Hidratação de alquenos


II - Redução

A redução é a reação inversa à oxidação e é realizada com o gás hidrogênio (H2).

• Redução de ácidos carboxílicos e aldeídos
• Redução de uma cetona


Outra maneira de obter álcoois em laboratório consiste em fazer a reação entre um haleto orgânico (R — X) e o hidróxido de potássio em solução aquosa [KOH(aq)].



Os aldeídos e as cetonas são os principais compostos carbonílicos (grupo carbonila , e as principais reações que ocorrem nesse grupo envolvem a quebra da ligação pí. 

Os Os aldeídos e as cetonas reagem com os compostos de Grignard (R—MgX), originando um composto intermediário que se hidrolisa e dá origem a diferentes álcoois, segundo o esquema:(R—MgX), originando um composto intermediário que se hidrolisa e dá origem a diferentes álcoois, segundo o esquema:


I - Reação de redução

Nesse tipo de reação, utiliza-se gás hidrogênio (H2)


II -Reação de oxidação 

As reações de oxidação podem ser feitas utilizando-se agentes oxidantes, tais como KMnO4, K2Cr2O7 .





 
PARA DIFERENCIAR UM ALDEÍDO DE UMA CETONA PODEMOS:
A - Podemos usar o Reativo de Tollens — solução aquosa amoniacal de nitrato de prata. 

B - Podemos usar o Reativo de Fehling — solução aquosa de sulfato de cobre em meio básico e tartarato duplo de sódio e potássio. 

C - Podemos usar o Reativo de Benedict — solução aquosa de sulfato de cobre em meio básico e citrato de sódio.


Os principais métodos de obtenção de aldeídos e cetonas, já vistos anteriormente, são os seguintes: 

A - Hidratação de alcinos 
B - Ozonólise de alcenos 
C - Oxidação de álcoois 


muito importantes no nosso cotidiano,os ácidos carboxílicos mais conhecidos são: o ácido fórmico, o ácido acético, Butanóico ou Butírico, hexanóico ou Cáprico.

Cheiro de manteiga Rançosa e cheiro de cabra. 


a) aqueles que aumentam a acidez. Exemplos: halogênios (F, Cl, Br, I); NO2; OH etc.

b) aqueles que diminuem a acidez. Exemplos: H3C ; C2H5 etc.
O que caracteriza o grau da acidez dos ácidos é a constante de ionzação.  Quanto maior a constante de ionização (Ki), mais ionizado estará o ácido. 
Assim, entre os ácidos apresentados, temos:

 Na Química Orgânica a ordem cresce da seguinte maneira:





I - Esterificação

Os ácidos carboxílicos reagem com os álcoois, produzindo éster e água. 


II - Desidratação intermolecular 

Nesse tipo de reação ocorre a eliminação de uma molécula de água a partir de duas moléculas de ácido carboxílico, originando um anidrido:


Durante o nosso estudo, já foram abordados alguns métodos de obtenção dos ácidos carboxílicos: 

I -  oxidação enérgica de alcenos 
II - oxidação de aldeído 
III - oxidação de álcool primário 
IV -  hidrólise de éster 

Os ácidos carboxílicos também podem ser obtidos pela hidrólise de haleto ácido.

Os ésteres são substâncias muito abundantes na natureza e podem ser classificados em três grupos: essências de frutas, lípides e ceras.
Essências de frutas Os ésteres de ácidos e álcoois com pequeno número de átomos de carbono compõem o grupo das essências de frutas. Veja alguns exemplos desses ésteres:
Lípides Os lípides são também chamados de lipídeos ou lipídios.
Os mais importantes são os óleos e as gorduras, que apresentam estruturas semelhantes e são elaborados por organismos vivos a partir de ácidos graxos e glicerol. 


Como na estrutura do lipídeo existem três grupos (-COO-), ele é classificado como um triéster e é também denominado triglicérido ou triglicerídeo. 
Um triglicérido pode ser obtido a partir de diferentes ácidos graxos e apresentar até três radicais diferentes (R, R’ e R”). 
Quando pelo menos dois desses radicais forem saturados, o triglicérido é classificado como gordura. 
As gorduras são geralmente de origem animal e, à temperatura ambiente, apresentam-se no estado sólido. 
Quando prevalecem radicais insaturados, esse triglicérido é um óleo. 
Os óleos geralmente são de origem vegetal e, à temperatura ambiente, apresentam-se no estado líquido. 

Gorduras: predominam radicais de ácidos graxos saturados e são sólidas a temperatura ambiente.


Óleos: predominam radicais de ácidos graxos insaturados e são líquidos a temperatura ambiente..



Ceras: São uma mistura complexa de vários compostos orgânicos, seus principais constituintes são ésteres de ácidos graxos e álcoois de cadeia longa, ambos não-ramificados.


PELO PROFESSOR EUDO ROBSON

Esta aula também é encontrada no site:
                               

FONTE DOS TEXTOS

Professor Eudo Robson
Tito e Canto
Ricardo Feltre
Geraldo Camargo
Usberco e Salvador

FONTE DAS IMAGENS

Professor Eudo Robson
http://www.apoloartes.com.br/
Livro de Usberco e Salvador
http://hypescience.com/
http://www.adnbiodiesel.com.br/
http://www.alunosonline.com.br/
http://www.brasilescola.com/
http://www.revistaberro.com.br/
http://www.curaeascensao.com.br/